domingo, 8 de novembro de 2009

Tunai, Hyldon e Dalton - Qualidade em dose tripla.

Sábado, 07 de outubro, foi dia de conferir o Projeto Cultural do BNB Clube. A programação prometia, os cantores Tunai, Hyldon e Dalton eram as atrações da noite. O show foi dos mais agradáveis, os três estavam em uma noite inspirada e relembraram vários sucessos dos anos 70.

A cantora cearense Mel Matos abriu a noite com uma elogiada apresentação – falarei sobre esta jovem cantora no próximo Post. Dos titios, o primeiro a se apresentar foi o mineiro Tunai, irmão não menos talentoso de João Bosco, que apresentou-se acompanhado apenas do seu violão. Em pouco tempo, o público já fazia coro com o cantor nos seus principais sucessos, destaque para: Certas Canções, Dança das Cadeira e Frisson. O compositor também relembrou “Nuvem Passageira”, um grande sucesso do gaucho Hermes Aquino, na novela casarão, de 1976, a música foi regravada por Tunai, recentemente, no projeto "Um Barzinho, Um Violão - Novela 70", no Morro da Urca, o projeto contou com a participação mais 25 Artistas como, Caetano Veloso, Zélia Duncan Zeca Pagodinho, Jorge Vercillo, Elba Ramalho Herbert Viana,

O segundo a se apresentar foi Hyldon, um dos grandes da Soul Music, junto com Cassiano e Tim Maia. Com aquele jeito desligado de sempre, o cantor, a exemplo de Tunay, apresentou-se acompanhado apenas do seu violão, chamou, logo de cara, a cantora Mel Matos para uma canja em “As Dores do Mundo”, o público já estava mais que aquecido e não foi difícil para o cantor dar o seu recado, desfilando sucessos como; “Na Sombra de uma Árvore” e “Na Rua, na Chuva, na Fazenda” o músico ainda homenageou Tim Maia, cantando “Primavera”.

Hyldon ia finalizando sua participação impecável, ao som de “Na Rua, na Chuva, na Fazenda”, quando entrou Dalton, o mais desinibido dos três. O cantor não tem nada daquela imagem séria que aparentava nos programas de TV, brincou muito com a platéia e, acompanhado do bom tecladista Maurício, relembrou grandes sucessos como: “Muito Estranho” e “Espelhos D’água”, além de composições suas que foram sucessos na voz de outros interpretes, como: Biafra - “Leão Ferido” e “Anjo”, sucesso do Roupa Nova - todas, acompanhadas pela coro afinado da platéia, que a esta altura, já fazia parte da apresentação.

Dalton, que também é médico anestesista, é compositor de dezenas de músicas conhecidas. O cantor é figura carimbada nas trilhas de novelas, segundo suas contas, já são dezoito músicas emplacadas. Seu maior sucesso, o hit “muito Estranho”, vendeu mais de 1,5 milhão de cópias.
Para finalizar, os três experientes cantores voltaram ao palco e cantaram juntos. O ambiente estava leve e bem-humorado, Hyldon que antes confessara dificuldade para decorar letra de música, não escapou das brincadeiras de Dalton, que, de surpresa, tomou a cola do cantor, provocando risos no público.

A apresentação foi no BNB Clube de Fortaleza, o clube, todos os sábados, disponibiliza uma atração de qualidade no seu projeto cultural, por lá já passaram: Jessier Quirino, Vital Farias, Roberto Silva, Geraldo Azevedo, Xangai, Pery Ribeiro, Alceu Valença, Chico Cesar, dentre tantos outros. A abertura cabe sempre a um artista ou banda cearense, uma forma de incentivar a cultura local. Com certeza, é um ótimo programa - já estou me preparando para Renato Borghetti.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário